Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3342-2237 R 550 ou 551;
facebook: LabSis Ufrn

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Tremor próximo a Santa Cruz do Capibaribe-PE em 26/12/2019

    Ontem, 26/12, às 21:20 UTC (18:20. hora local) ocorreu um tremor, de magnitude preliminar estimada em 2.1, a aproximadamente 10 km a W de Santa Cruz do Capibaribe.  O evento foi sentido em Santa Cruz do |Capibaribe e em Brejo da Madre de Deus. 
    Esse evento foi registrado por diversas estações  da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha.
    O registro desse evento na estação de Pedro Velho (NBPV) está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em NBPV.
Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Novos tremores em Taipu-RN em 25 e 27/12/2017.

    Dois novos tremores ocorreram em Taipu nesta semana. O primeiro ocorreu no dia 25/12 às 10:48 UTC (07:48, hora local). O segundo evento ocorreu hoje (27/12) às 03:58 (00:58, hora local). Isto significa que a atividade em Taipu continua, a nível de microtremores, não sendo possível saber se a atividade continuará  no nível atual ou se teremos eventos de magnitude maior.
    Esses eventos foram registrados por diversas estações  da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. Os triângulos vermelhos indicam as estações em operação na região: João Câmara (ACJC) e Riachuelo (RCBR). em destaque, os limites do município de Taipu.
    O registro do evento do dia 25/12 pela estação ACJC está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento de 25/12 pela estação ACJC.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Novos tremores em Cascavel-CE em 21/11/2019

    Hoje, 21/09, ocorreram dois tremores de magnitude preliminar 2.3 em Cascavel. O primeiro evento ocorreu às 16:35 UTC (13:35, hora local). O segundo evento ocorreu às 22:38 UTC (19:38, hora local).  Esses eventos foram registrados por diversas estações  da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
      O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral.  A estrela vermelha representa o epicentro. Os triângulos vermelhos indicam a localização das estações PLAL (Palhano) e NBPA (Paraú). Em destaque, os limites do município de Cascavel.
    O registro do evento das 22:38 UTC em NBPA está mostrado na Figura 2.

Figura 2. registro do evento das 22:38 UTC em NBPA.
     Embora os epicentros estejam em Cascavel, devido à proximidade, eles acabam sendo sentidos no município de Chorozinho, conforme informações de Francisco Brandão, da Defesa Civil do Ceará, e do Sr. Lázaro de Moura, coordenador da Defesa Civil de Chorozinho.
     Repetindo mais uma vez, é impossível saber como a atual atividade sísmica em Cascavel vai evoluir.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR,  INCTET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira 

Novos tremores na dorsal meso-oceânica em 09, 13 e 21/11/2019

    Neste mês, até o presente, ocorreram três eventos na dorsal constantes nas listas do USGS (United States Geological Survey).
    O primeiro evento, de magnitude 4.9,  ocorreu no dia 09/11 às 05:38 UTC tendo seu epicentro localizado a aproximadamente 32 km a SE de São Pedro e São Paulo (portanto, dentro do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva), a 627 km a NE de Fernando de Noronha, a 978 km a NE de São Miguel do Gostoso, a 992 km a NE de Natal e a 1.160 km a ENE de Fortaleza.
    O segundo evento, de magnitude 5.5,  ocorreu no dia 13/11 às 13:44 UTC tendo seu epicentro localizado a aproximadamente 970 km a NW de São Pedro e São Paulo (portanto, fora do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva), a 1.246 km a NE de Acaraú, a 1.272 km a NNE de Fortaleza, a 1.277 km NNW de Fernando de Noronha e a  1.443 km a N de Natal.
    O terceiro evento, de magnitude 5.0,  ocorreu no dia 21/11 às 09:19 UTC tendo seu epicentro localizado a aproximadamente 865 km a NW de São Pedro e São Paulo (portanto, fora do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva), a 1.247 km N de Fernando de Noronha, a 1.312 km a NNE de Acaraú, a 1.317km a NNE de Fortaleza  e a  1.442 km a N de Natal.
    O mapa de localização epicentral desses eventos está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. A estrela amarela indica a localização do epicentro do evento do dia 09. A estrela verde indica a localização do epicentro do evento do dia 13. A estrela vermelha indica a localização do epicentro do evento do dia 21. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo (RCBR).
    O registro, na estação RCBR, do evento de magnitude 5.5, ocorrido no dia 13, está na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento do dia 13 em RCBR. A  parte inicial do registro está no retângulo vermelho.
Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira

domingo, 17 de novembro de 2019

Novos tremores em Cascavel-CE em 16 e 17/11/2019

    Ontem (16/11) e hoje (17/11) ocorreram dois novos tremores em Cascavel. O tremor de ontem ocorreu às 08:31 UTC (05:31, hora local) e teve magnitude preliminar estimada em 2.1. O evento de hoje ocorreu às 06:44 UTC (03:44, hora local) e teve magnitude preliminar estimada em 2.4. Ambos os eventos foram registrados por diversas estações  da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN. 
    Já entramos em contato com o Sr. Francisco Brandão, da Defesa Civil do Ceará, e esperamos ter informações de como esses tremores foram sentidos pela população.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha representa o epicentro. O triângulo azul indica a localização da estação de Cascavel (NBCL).  O triângulo vermelho indica a localização da estação de PLAL (Palhano). Em destaque, os limites do município de Cascavel.
     O registro do evento de hoje na estação NBCL está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento de 17/11 em PLAL.
     
  Conforme mostra a Figura 1, operamos uma estação em Cascavel (NBCL) próximo à área epicentral. Infelizmente, no momento, estamos sem comunicação com ela.
    Como sempre dizemos, em situações semelhantes, é impossível prever como a atual atividade sísmica em Cascavel vai evoluir. Continuaremos no monitoramento.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR,  INCTET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Novo tremor sentido em Palhano em 14/11/2019.

    Ontem, 14/11, às 21:15 UTC (18:15, hora local) ocorreu mais um tremor sentido na região de Palhano. Segundo o Sr. Jeilson Santiago esse evento foi sentido na sede e nas localidades de Cajueirinho, Barbada, Luzilândia e Assentamento Chico Mendes (Fazenda Marmouthier).
    Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN. 
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está indicado pela estrela vermelha. A estrela amarela indica o epicentro do sismo de 19/10/1988. O triângulo vermelho indica a localização de estação PLAL (Sítio Almas).
  
  O registro do evento pela estação PLAL está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em PLAL.
     A estação PLAL foi instalada na região pelos técnicos Eduardo Menezes e Marconi Oliveira no dia 11/11, com apoio do INCT de Estudos Tectônicos (INCTET). No mesmo dia, como é de rotina no LabSis, o técnico Eduardo Menezes fez uma palestra na região, desta vez na Câmara Municipal de Palhano.  
     Como se pode ver na Figura 1, a área epicentral da atual atividade não é a mesma de 1988, ficando próxima do limite dos municípios de Russas e Palhano. 
    A atividade continua, embora em menor intensidade que no início do mês. No entanto, como sempre afirmamos, é impossível prever como a atividade vai evoluir. A estação PLAL tem link de internet com o LabSis permitindo acompanhar a sismicidade em tempo real.

Fonte: LabSis/UFRN, INCTET, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira, Flauber Costa

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Atividade sísmica em Palhano continuou em 04 e 05/11/2019

    A atividade sísmica em Palhano continuou nos dias 04 e 05/11. O maior evento, de magnitude preliminar 2.1, ocorreu no dia 04/11 às 22:02 (hora local, 01:02 do dia 04/11 UTC). Esse evento foi  registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    O registro desse evento na estação de Paraú (NBPA) está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Registro do evento  em NBPA.
    Conforme colocamos em postagem anterior não é possível saber como essa atividade sísmica vai evoluir. O LabSis/UFRN continua no monitoramento pronto para seguir para a região em caso de necessidade.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Flauber Costa

domingo, 3 de novembro de 2019

Intensa atividade sísmica em Palhano-CE em 03/11/2019

    Hoje, 03/11, ocorreu uma intensa atividade sísmica em Palhano, tendo sido registrados mais de 10 tremores na estação de Paraú (NBPA). Os eventos de maior magnitude ocorreram às 15:33 UTC (12:33, hora local), de magnitude 2.3, e às 15:42 UTC (12:42, hora local), de magnitude 2.4.
    Os maiores eventos foram sentidos nas localidades de Barbada, Lagoa de Telha, Lagoa de Pedra,Córrego da Esperança e Luzilândia, e alguns pontos da sede do município de Palhano. Esses eventos também foram registrados por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho mostra a localização da estação de Paraú (NBPA).
    O registro do evento de magnitude 2.3 em NBPA está na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento de magnitude 2.3 em NBPA.
    No passado, de 1989 a 1991, Palhano passou por um ciclo de intensa atividade sísmica, com vários eventos de magnitude maior ou igual a 4.0. Desde então só tem ocorrido pequenos surtos de atividade sísmica em Palhano. Sendo assim, não é possível saber se a atual atividade sísmica será mais um pequeno surto ou se teremos um novo ciclo de atividade parecido com 1989. Só o tempo dirá o que temos pela frente.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR

Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Novo tremor em Caraúbas-RN em 01/11/2019

    Hoje, 01/11, às 11:38 UTC (08:38, hora local), ocorreu um novo tremor em Caraúbas, desta vez de magnitude preliminar 1.7. Esse evento foi registrado por diversas  por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Paraú (NBPA). Em destaque, os limites do município de Caraúbas.
    O registro desse evento pela estação NBPA está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em NBPA.
    A atividade sísmica em Caraúbas já vem ocorrendo há algum tempo tendo, inclusive, sido registrado um tremor de magnitude 2.7 no dia 05/09/2019. No entanto, não é possível saber qual será a evolução dessa atividade.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Marconi Oliveira, Eduardo Menezes

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Tremor de magnitude 6.3 na dorsal meso-oceânica em 23/10/2019

    Ontem, 23/10, às 16:08 UTC, ocorreu um tremor de magnitude de magnitude 6.3 na dorsal. O epicentro desse evento foi localizado a aproximadamente 768 km a N de Ascensão, a 1.745 km a ESE de São Pedro e São Paulo, a 2090 km a ENE de Fernando de Noronha, a 2.430 km a ENE de Natal e a 2.460 km a ENE de Recife.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação  de Riachuelo (RCBR).
     O registro desse evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.
    Sempre que ocorre um evento dessa ordem de magnitude as redes sociais se enchem de notícias de um provável tsunami causado por um sismo na dorsal. Paradoxalmente isto não ocorreu em relação a este sismo. Em sismos dessa magnitude o USGS também divulga o mecanismo focal a partir do tensor de momento sísmico. No caso em tela esse mecanismo está mostrado na Figura 3.

Figura 3. Mecanismo focal do sismo determinado via tensor de momento sísmico.
    O mecanismo focal mostra o tipo de movimento decorrente do sismo. No caso, trata-se de um movimento do tipo transcorrente onde o movimento da falha se dá sem movimento vertical, o que impede a geração de tsunamis.

Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira

Novos tremores no Rio Grande do Norte em 18 e 19/10/2019

    Nos dias 18 e 19/10 dois novos tremores ocorreram no Rio Grande do Norte. O primeiro evento ocorreu às 23:00 UTC (20:00, hora local), com epicentro em Taipu. O segundo evento ocorreu às 23:33 (20:33, hora local), com epicentro em Pureza e relacionado com a Falha de Samambaia. Esses eventos foram registrados por diversas  estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    O mapa de localização dos epicentros está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. Em amarelo, o epicentro do sismo de 18/10/2019. Em vermelho, o epicentro do evento de 19/10/2019. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo (RCBR). 
      Os registros dos eventos estão mostrados nas Figuras 2 e 3.

Figura 2. Registro do evento de 18/10 em RCBR.
Figura 3. Registro do evento de 19/10 em RCBR.

    Esses micro-tremores mostram que a atividade sísmica, tanto em Taipu quanto na Falha de Samambaia, continua, não se sabendo quando voltará a atingir atividade de maior magnitude.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Tremor no Oeste do Ceará em 13/10/2019 (hora local)

    Ontem, 13/10, às 22:47 (hora local, 01:47 do dia 14/10 UTC) ocorreu um tremor no oeste do Ceará, a aproximadamente 20 km a WSW de Tianguá. Esse tremor teve magnitude preliminar estimada  em 2.5 e foi registrado por diversas  estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN. 
      Há relatos de que esse tremor foi sentido nos municípios de Tianguá, Ubajara, Viçosa do Ceará, Mucambo e Ipu. Em Ubajara foi ouvido um forte estrondo e sentido um abalo no chão que durou segundos. Em Tianguá, segundo uma moradora, objetos da casa tremeram. Há ainda diversos relatos dizendo que o tremor dizendo foi sentido em diversas localidades dos municípios de Tianguá e Ubajara. 
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica a localização do epicentro. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Pedro II (NBPS).
    O registro desse evento na estação NBPS está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma diário (14/10 UTC) de NBPS podendo se ver claramente  o evento, em amarelo. 
    Como sempre afirmamos em tais situações, é impossível prever se se trata de um evento isolado ou de um evento que possa disparar uma sequência sísmica, como muitas vezes ocorreu no Nordeste do Brasil.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira

Referências:




domingo, 15 de setembro de 2019

Sequência de tremores na região de João Câmara em 15/09/2019

    Hoje, 15/09, ocorreu numa sequência de tremores na região de João Câmara, tendo sido identificados pelo menos 5 eventos entre 13 e 16 horas UTC (10 e 13 horas, hora local). O maior evento ocorreu às 14:14 UTC (11:14, hora local) e teve magnitude preliminar estimada em 1.5.
    Esse evento foi registrado por diversas  por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
     Um mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica o local da estação de Riachuelo (RCBR). A linha vermelha indica o traço da Falha de Samambaia. As áreas dos municípios relacionados a essa falha estão em destaque.
    O registro desses eventos no sismograma diário de RCBR está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma diário (15/09) de RCBR podendo se ver claramente 3 eventos após: 13:59, 14:15 e 14:33 UTC.
    O registro do maior evento (14:14 UTC, hora de origem) pode ser visto, em detalhe, na Figura 3.

Figura 3. Registro do evento das 14:14 UTC em RCBR.
    O epicentro do evento foi localizado na área cima de Riacho Seco, no município de Pureza, onde, em março de 1989, ocorreu o segundo tremor em magnitude (5.0) da sequência de sismos entre 1986 e 1993 na região de João Câmara. Essa atividade sísmica foi a que causou maior impacto social devido a terremotos no Brasil, provocando extensos danos em edificações e pânico e fuga da população.
    Como sempre dizemos nesse tipo de situação (ocorrência de sismos) é impossível saber como a atividade sísmica relacionada à Falha de Samambaia vai evoluir. No entanto, o LabSis/UFRN  vem mantendo um monitoramento permanente dessa atividade visando obter dados que permitam informar a sociedade sobre o que realmente está ocorrendo na região e que servem para orientar ações de Defesa Civil.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Novo tremor em Taipu-RN em 11/09/2019

    Hoje, 11/09, às 11:47 UTC (08:47, hora local), foi registrado mais um evento em Taipu, desta vez de magnitude preliminar 1.0.  Estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN registraram esse evento.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo. Em destaque, a área do município de Taipu.
    O registro desse evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.
    Como sempre afirmamos em situações semelhantes, é impossível saber como essa atividade sísmica vai evoluir. É possível que a atividade cesse, fique na situação atual, com a ocorrência esparsa de eventos, ou recrudesça, com a ocorrência de eventos de maior magnitude que os até agora observados.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes 

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Novo tremor em Caraúbas-RN em 05/09/2019

    Hoje, 05/09, às 03:37 UTC (00:37, hora local) um novo tremor foi sentido em Caraúbas, desta vez de magnitude preliminar estimada em 2.7 e foi registrado por diversas  por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    Esse evento foi sentido na sede do município e, principalmente, em diversas localidades ao norte. O Laboratório entrou em contato com o Coordenador de Defesa Civil de Caraúbas, Sr. Ricardo Adriano, e, segundo ele, há informações de que esse sismo teria sido sentido mais forte no Assentamento Petrolina, onde foi ouvido um  estrondo e a terra tremeu. Segundo notícias de site de Caraúbas, além do estrondo e do tremor,  objetos sobre geladeira chegaram a ser derrubados e, na localidade de Petrolina, "o tremor foi muito forte, as casas se estalaram tudo". 
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. em destaque, os limites do município de Caraúbas.
    O registro do evento na estação de Riachuelo (RCBR) está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.
    Essa atividade vem sendo registrada há algum tempo, tendo vários eventos sido sentidos pela população. Como sempre afirmamos nesse tipo de situação é impossível saber como a atividade sísmica em Caraúbas vai evoluir. No entanto, o LabSis/UFRN  vem mantendo um monitoramento permanente dessa atividade visando obter dados que permitam informar a sociedade sobre o que realmente está ocorrendo na região e que servem para orientar ações de Defesa Civil.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes , Marconi Oliveira

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Sequência de tremores na dorsal meso-oceânica em 25/08/2019

    Ontem, 25/08, num período de pouco mais de 4 horas, ocorreram quatro tremores de magnitude acima de 4.5 na dorsal, bem próximos uns dos outros. O horário em que os eventos ocorreram foram: 14:54 UTC (magnitude 4.9), 18:31 UTC (magnitude 4.6), 18:46 UTC (magnitude 5.0) e 19:05 UTC (magnitude 4.6).
    O evento de magnitude 5.0 teve o epicentro localizado a aproximadamente  1.263 km a N de Acaraú, a 1.286 km NNE de Luís Correia,  a 1.340 km a NNE de São Luís, a 1.345 km a NNW de Fortaleza, a  1.390 km a NW de São Pedro e São Paulo,  a 1.490 km a NE de Belém, a 1.565 km a  NNW de Fernando de Noronha e a 1.640 km a NNW de Natal.
     O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. Os epicentros dos eventos estão representados por estrelas amarelas e por uma estrela vermelha (evento de magnitude 5.0). A estação de Riachuelo (RCBR) está representada pelo triângulo vermelho.
    O registro de alguns eventos está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma 24 horas de RCBR com o registro dos eventos. O registro mais nítido é do evento de magnitude 4.9, logo após as 15 horas.

Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira

sábado, 24 de agosto de 2019

Novo tremor em Taipu-RN em 22/08/2019

    No dia 22/08, às 03:56 UTC (00:56, hora local) ocorreu um novo tremor em Taipu, desta vez de magnitude preliminar 1.3. Esse evento foi registrado por estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
     O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho mostra a localização da estação de Riachuelo (RCBR). Em destaque a área do município de Taipu.
    O registro do evento em RCBR está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento na estação RCBR.
Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Marconi Oliveira

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Novo tremor em Quixeramobim-CE em 22/08/2019

    Ontem, 22/08, ocorreu um novo tremor em Quixeramobim, desta vez de magnitude preliminar estimada em 1.6. Esse evento ocorreu às 20:23 UTC (17:23, hora local), foi sentido pela população da localidade de São Joaquim, na forma de estrondo, e foi registrado por estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
     O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo azul representa a estação de Pedra Branca (NBPB). Em destaque as áreas dos municípios de Quixeramobim, Boa Viagem e Madalena.
    O registro do evento na estação NBPB está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento na estação NBPB.
Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes,  Marconi Oliveira, Flauber Costa

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Novo tremor no Ceará em 19/08/2019

    No dia 19/08, às 06:30 UTC (03:30, hora local) um novo tremor voltou a ocorrer no Ceará, desta vez de magnitude preliminar estimada em 1.6. Esse evento, segundo informações de Francisco Brandão, da Defesa Civil do Ceará, foi sentido pela população e foi registrado por estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
     O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho representa a estação de Cascavel (NBCL). 
    O registro do evento na estação NBCL está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em NBCL.
Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes,  Marconi Oliveira, Flauber Costa

sábado, 10 de agosto de 2019

Novos tremores na dorsal meso-oceânica em 10/08/2019

    Hoje, 10/08, dois novos tremores ocorreram na dorsal meso-oceânica praticamente com o mesmo epicentro. Esses eventos foram registrados por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira operadas pela UFRN. O primeiro evento ocorreu às 03:04 UTC e teve magnitude preliminar 4.1, o que implica que não aparecerá nas listas do USGS e EMSC, que só divulgam tremores de magnitude acima de 4.5. 
    O evento principal, de magnitude 5.1, ocorreu às 04:41 UTC e teve o epicentro localizado a aproximadamente 1.122 km a NW de São Pedro e São Paulo, a 1.205 km a NNE de Acaraú, a 1.259 km a N de Fortaleza, a 1.360 km a  NNW de Fernando de Noronha, a 1.375 km a NNE de São Luís e a 1.490 km a NNW de Natal.
     O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação Pedro Segundo (NBPS).
     O registro dos eventos em NBPS está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma diário (10/08) da estação NBPS. Os eventos estão na parte superior do sismograma, em azul o evento das 03:04 e em amarelo o evento das 03:41.
Fonte: LabSis/UFRN, USGS, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Tremor em Beberibe -CE em 09/08/2019

    Hoje, 09/08, às 11:09 UTC (08:09, hora local), ocorreu um tremor em Beberibe de magnitude preliminar 1.3.   Esse evento foi registrado por algumas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
     O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação deCascavel(NBCL).
    O  registro desse evento na estação NBCL está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.
    Eventos na região de Cascavel, que inclui Beberibe, vem sendo registrados com bastante frequência pela estação NBCL. Nessa região há várias áreas epicentrais. No momento essa atividade sísmica só está se manifestando na forma de microtremores (eventos abaixo do limiar de percepção) não sendo possível prever quando essa atividade pode passar desse nível.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Marconi Oliveira, Eduardo Menezes, Flauber Costa

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Novo tremor em Taipu-RN em 07/08/2019

    No dia 07/08, às 04:07 UTC (01:07, hora local) ocorreu um novo tremor em Taipu, desta vez de magnitude preliminar estimada em 1.2. Esse evento foi registrado por algumas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo (RCBR).
    O registro do evento na estação RCBR está  mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.
 Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Marconi Oliveira, Eduardo Menezes

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Novo tremor na dorsal próximo a São Pedro e São Paulo em 05/08/2019

    Hoje, 05/08, às 00:40 UTC ocorreu um novo tremor na dorsal próximo a São Pedro e São Paulo, desta vez de magnitude 5.8.  O epicentro do evento foi localizado a aproximadamente 163 km a E de São Pedro e São Paulo (portanto, dentro do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva), a 738 km a NE de Fernando de Noronha, a 1.100 km a NE de São Miguel do Gostoso, a  1.111 km a NE de Natal e a 1.295 km a ENE de Fortaleza.
    O mapa de localização epicentral desse evento está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral.  O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo (RCBR).
    O registro desse evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma diário da estação RCBR. O evento está registrado após as 00:40.
    Dada a magnitude e a proximidade de São Pedro e São Paulo esse evento muito provavelmente foi sentido na base de pesquisa instalada no arquipélago.  O USGS determinou o tensor de momento sísmico do evento mostrando que o terremoto apresentou movimento transcorrente, conforme se pode ver na Figura 3.

Figura 3. Representação do movimento a partir do tensor de momento sísmico.
    Falhas transcorrentes, no meio do oceano, mesmo para magnitudes maiores, não provocam tsunamis.

Fonte: LabSis/UFRN, USGS

Joaquim Ferreira

Novo tremor em Taipu-RN em 03/08/2019

    No dia 03/08, às 23:41 UTC (20:41, hora local) ocorreu um novo tremor em Taipu, desta vez de magnitude preliminar estimada em 1.3. Esse evento foi registrado por algumas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
    O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. A estrela amarela indica o epicentro do tremor de magnitude 4.3 de 2010. A linha vermelha representa a Falha de Samambaia. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo (RCBR).
    O registro desse evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.
    A atual atividade sísmica em Taipu vem se manifestando desde algum tempo na área a NE da cidade sendo que, no passado, alguns sismos foram sentidos nessa região. É interessante notar, pela Figura 1, que essa atividade sísmica não está diretamente relacionada nem com o sismo de 2010 nem com a Falha de Samambaia. Vamos aguardar a evolução da mesma e, se possível tentar colocar uma rede local.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Marconi Oliveira, Eduardo Menezes