Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3215-3796;
facebook: LabSis Ufrn

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Novo tremor em Pedra Preta-RN em 30/01/2014

    Hoje, 30/01, às 13:28 UTC (10:28, hora local), ocorreu, em Pedra Preta, um novo tremor, desta vez de magnitude 1.9.
    O mapa de localização epicentral está na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. Os triângulos representam as estações RCBR (em vermelho) e ACCP (azul). Em destaque os limites do município de Pedra Preta.
    O registro do evento na estação de Riachuelo (RCBR) é mostrado na Figura 1.

Figura 2. Registro do evento pela estação RCBR.

    Esse evento é o quarto acima do limiar de percepção (1.5) e acima do limiar de detecção automática em RCBR (1.8) a ocorrer em Pedra Preta neste ano de 2014. A atividade sísmica em Pedra Preta já dura mais que três anos tendo ocorrido, durante esse tempo, vários tremores de magnitude acima de 3.0 que causaram pequenos danos e assustaram a população. Como sempre afirmamos é impossível prever como essa atividade sísmica irá evoluir.

Fonte: LabSis/UFRN; RSISNE; INCT-ET, USGS
Joaquim Ferreira

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Novo tremor na cordilheira meso-oceânica em 24/01/2014

    Hoje, 24/01, ocorreu um novo tremor na cordilheira meso-oceânica. O evento ocorreu às 02:35 UTC e teve magnitude 4.7. O epicentro do tremor está localizado a aproximadamente 780 km a NNE da ilha de Ascensão, a 1.840 kn a ESE de São Pedro e São Paulo, a 2.200 km a ENE de Fernando de Noronha e a 2.540 km a ENE de Natal.
    O mapa de localização epicentral é mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro do sismo está simbolizado pela estrela vermelha.

Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira

sábado, 18 de janeiro de 2014

Novos tremores na cordilheira meso-oceânica em 18/01/2014

    Hoje, dia 18/01/2014, ocorreram dois tremores na cordilheira meso-oceânica , num intervalo de cerca de 40 minutos. O primeiro evento, de magnitude 5.4, ocorreu às 22:19 UTC e teve o epicentro localizado a cerca de 1.909 km a SW de Santa Cruz das Flores, Açores, de 2.610 km a NNE de Oiapoque-AP e 3.100 km a NNE de Belém. O segundo evento, de magnitude 4.8, ocorreu a cerca de 20 km do primeiro.
    O mapa de localização epicentral é mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro do sismo de magnitude 5.4 está em laranja embaixo do círculo vermelho, que representa o sismo de magnitude 4.8. Os círculos brancos sobre a dorsal indicam os epicentros dos sismos de magnitude acima de 4.5 que aí ocorreram nos últimos 30 dias. 
Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Novos tremores em Pedra Preta em 07/01/2014

    Hoje, 07/01, foram registrados pela estação de Riachuelo-RN (RCBR) dois eventos ocorridos em Pedra Preta-RN . O primeiro evento, de magnitude 2.7, foi registrado às 12:14 UTC (09:14 hora local), enquanto o segundo evento, de magnitude 2.1, foi registrado às 14:57 UTC (11:57 hora local).
    O registro dos eventos na estação de Riachuelo (RCBR) é mostrado na Figura 1.

Figura 1. Sismograma de 24 horas da estação RCBR do dia 07/01.

Fonte: LabSis/UFRN; RSISNE; INCT-ET, USGS
Heleno Lima Neto, Suélio Carolino, Eduardo Menezes, Rodrigo Pessoa

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Novo tremor na cordilheira meso-oceânica em 06/01/2014

    Hoje, 06/01, ocorreu um novo tremor na cordilheira meso-oceânica. O evento ocorreu às 16:02 UTC e teve magnitude 5.1. O epicentro do tremor está localizado a aproximadamente 680 km a ESE de São Pedro e São Paulo, a 1.025 km a ENE de Fernando de Noronha e a 1.090 km a ENE de Natal.
    O mapa de localização epicentral é mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro do sismo está simbolizado pela estrela vermelha.
Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira

Novo tremor em Pedra Preta-RN em 05/01/2014

   Hoje, 05/01, às 20:32 UTC (17:32, hora local), ocorreu, em Pedra Preta, um novo tremor, desta vez de magnitude 1.9.
    O mapa de localização epicentral está na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. Os triângulos representam as estações RCBR (em vermelho) e ACCP (azul).
         O registro do evento na estação de Riachuelo (RCBR) é mostrado na Figura 1.

Figura 2. Registro do evento pela estação RCBR.
    Esse evento é o primeiro acima do limiar de percepção (1.5) e acima do limiar de detecção automática em RCBR (1.8) a ocorrer em Pedra Preta neste ano de 2014. A atividade sísmica em Pedra Preta já dura mais que três anos tendo ocorrido, durante esse tempo, vários tremores de magnitude acima de 3.0 que causaram pequenos danos e assustaram a população. Como sempre afirmamos é impossível prever como essa atividade sísmica irá evoluir.

Fonte: LabSis/UFRN; RSISNE; INCT-ET, USGS
Joaquim Ferreira

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Novo tremor na cordilheira meso-oceânica em 03/01/2014

    Hoje, 03/01 ocorreu um novo tremor na cordilheira meso-oceânica. O evento ocorreu às 17:33 UTC e teve magnitude 4.7. O epicentro do tremor está localizado a aproximadamente 990 km a NW de São Pedro e São Paulo, a 1.240 km a NNE de Acaraú, a 1.280 km a NNE de Fortaleza e a 1.290 km a NNW de Fernando de Noronha.
    O mapa de localização epicentral é mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro do sismo está simbolizado pela estrela vermelha.
Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Novo tremor na cordilheira meso-oceânica em 01/01/2014

    Hoje, 01/01 ocorreu um novo tremor na cordilheira meso-oceânica. O evento ocorreu às 04:46 UTC e teve magnitude 4.7. O epicentro do tremor está localizado a aproximadamente 879 km a SSW da ilha de Tristão da Cunha (o USGS confundiu Tristão da Cunha com Santa Helena, que fica bem mais ao norte) e a 3.540 km a ESE de Porto Alegre. 
    O mapa de localização epicentral é mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro do sismo está simbolizado pela estrela vermelha.
Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira