Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3215-3796;
facebook: LabSis Ufrn

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Falso tremor próximo a Recife em 21/01/2013

    Hoje, desde a madrugada, os meios de comunicação de Recife estão divulgando que o USGS havia determinado o epicentro de um sismo de magnitude 5.8  a 111 km do Recife. 
    De fato, olhando a lista no formato antigo de sismos do USGS  (http://earthquake.usgs.gov/earthquakes/recenteqsww/Quakes/quakes_all.php) lá está esse evento, detalhado em http://neic.usgs.gov/neis/bulletin/neic_b000esh7_p.html . A localização do epicentro desse sismo seria como mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral do falso evento próximo ao Recife (estrela amarela).  A estação de Riachuelo (RCBR) é simbolizada pelo triângulo vermelho.
    No entanto, se consultarmos a lista mais atualizada e confiável do USGS http://earthquake.usgs.gov/earthquakes/map/ esse evento não aparece.
    É evidente que esse tremor não ocorreu pois não foi sentido em Recife, João Pessoa, Natal, etc. Nem muito menos foi registrado pela estação de Riachuelo (RCBR) a aproximadamente 290 km do presumido epicentro.
    O que ocorreu então? Certamente, ao analisarem os dados do sismo da Indonésia de magnitude 5.9, que ocorreu ontem às 22:22 UTC acabaram interpretando algumas fases como sendo da onda P, para estações da ordem de 4.000 km  a 7.000 km de distância ao presumido epicentro, como sendo fases de um evento próximo a Recife que teria ocorrido às 22:34 UTC (19:34 hora local). É provável que o pessoal da lista no formato atual verificou os registros de RCBR e constatou que não havia esse evento que, no entanto, ainda permanece na lista no formato antigo.

Fonte: LabSis/UFRN; USGS
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Um comentário:

  1. Então, quantas outras confusões mais já aconteceram? Então, porque esse erro com o Brasil? Então, será que vamos falsificar até terremotos?

    ResponderExcluir