Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3215-3796;
facebook: LabSis Ufrn

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Seminário LabSis de 25/08/2016

    Dando continuidade a série de seminários de 2016, nesta quinta-feira, dia 25/08, às 15:30 h, no auditório do Módulo REUNI do Departamento de Geofísica, será proferido o segundo seminário do LabSis, do ciclo de 2016. O palestrante será Hugo Esteban Poveda, do Departamento de Geofísica (DGEF) e  doutorando do Programa de Pós-graduação em Geodinâmica e Geofísica (PPGG -UFRN).

Título: Estrutura da Crosta Média e Superior para o Noroeste da América do Sul a Partir de Tomografia de Ruído Sísmico Ambiente
 
Resumo:

    São apresentados mapas tomográficos do modo fundamental das ondas Rayleigh, para o Noroeste da América do Sul. Esses mapas são construídos para uma faixa de períodos de 6-38 s, a partir da correlação cruzada de ruído sísmico ambiente, com dados da rede sismográfica do Serviço Geológico da Colômbia, com 53 estações de banda larga. Foram recuperadas um total de 1.300 funções de Green empíricas, para um períodos de três anos de registro. A partir das funções de Green, foram obtidas curvas de dispersão, as quais foram invertidas utilizando uma grade de 0.5° X 0.5°, usando o método iterativo não-linear. Os mapas tomográficos mostram uma excelente correlação com a geologia da superfície. Onde as anomalias de baixa velocidades estão relacionadas com rochas sedimentares e depósitos quaternários nas regiões da costa do Caribe e do Pacífico, Já na região da cordilheira oriental essas baixas velocidades estão associadas à uma cobertura de rochas sedimentares do cretáceo. Por outro lado, as anomalias de altas velocidades são correlacionadas com complexos ígneos-metamórficos de idade Jurássica e com o embasamento do pré-cambriano, presentes na serra de Nevada de Santa Marta e na cordilheira central. Adicionalmente, os mapas tomográficos foram invertidos para se obter modelos de velocidades da onda S, com o objetivo de construir perfil 3D de velocidades de onda S para a região da Colômbia.
Palavras Chaves: Interferometria, Correlação Cruzada, Ruído Sísmico Ambiente, Tomografia.

Fonte: LabSis/UFRN
Hugo Esteban, Jordi Julià, Rodrigo Luiz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário