Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3215-3796;
facebook: LabSis Ufrn

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Seminário LabSis de 22/09/2016

    Dando continuidade a série de seminários de 2016, nesta quinta-feira, dia 22/09, às 15:30h, no auditório do Módulo REUNI do Departamento de Geofísica, será proferido o sexto seminário do LabSis, do ciclo de 2016. O palestrante será Diogo Coelho, do Departamento de Geofísica (DGEF).

Título: Caracterização da Arquitetura Litosférica da Bacia do Parnaíba com Sismologia de Fonte Passiva - Resultados Preliminares.

 

Resumo:







Entender a dinâmica e a estrutura profunda da Litosfera é a chave para melhorar nossa compreensão dos principais processos geológicos operantes no planeta. Processos em escalas litosféricas, como a origem e a evolução de grandes bacias intracratônicas, podem gerar grandes feições em subsuperfície, estas são observáveis por métodos geofísicos. A área em estudo é a Bacia do Parnaíba, uma das maiores bacias intracratônicas do planeta, que recentemente, devido ao seu grande potencial energético, vem sendo o foco de investigações geofísicas da BP Energy do Brasil. O principal objetivo deste trabalho é prover novas imagens da Crosta e da Litosfera sob a bacia e identificar as principais descontinuidades sísmicas, com isso pretende-se prover dados mais consistentes e detalhados sobre a arquitetura e a evolução geológica da Bacia do Parnaíba. Um total de 8 estações sismográficas de banda larga foram instaladas em Abril de 2016 em um seção NE-SW na Bacia do Parnaíba, com um espaçamento entre as estações de 70 km. Este perfil foi adensado próximo ao depocentro atual da Bacia com 10 estações sismográficas de período curto para aumentar a resolução nesta região. Para imagear as estruturas crustais utilizou-se a técnica da Função do Receptor, uma metodologia que é bem difundida na sismologia de barda larga para o imageamento de estruturas crustais e mantélicas em áreas continentais. Nesta apresentação pretende-se mostrar e discutir os resultados preliminares oriundos de 6 meses de coleta de dados.
Palavras-Chave: Sismologia, Bacia do Parnaíba, Arquitetura Litosférica

Fonte: LabSis/UFRN
Diogo Coelho, Jordi Julià, Rodrigo Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário