Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3215-3796;
facebook: LabSis Ufrn

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Tremor de terra em Alagoas em 18/02/2015 (hora local)

    Na noite de 18/02, às 22:49, hora local (01:49 UTC do dia 19), ocorreu um tremor de terra, de magnitude 2.3, que foi sentido nos municípios de Arapiraca, Lagoa da Canoa e Girau do Ponciano. Os parâmetros desse evento constam do Boletim Sísmico Brasileiro (http://www.sismo.iag.usp.br/portal) e foram obtidos utilizando as diversas estações instaladas na região. 
     O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha representa o epicentro do sismo. Os triângulos azuis mostram as estações da rede RSISNE mais próximas do epicentro (NBAN, Anadia-AL; NBRF, Rio Formoso-PE).
    O registro desse evento na estação NBRF é mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento na estação NBRF.
      Esse evento é claramente um sismo mas não foi interpretado como tal por alguns meios de comunicação da região que afirmaram tratar-se de um trovão, como por exemplo:
      Segundo o repórter Pedro Neto, da TV Gazeta, um outro tremor teria sido sentido na região na madrugada do dia19 (cerca das 4 horas, hora local). Foi feita uma varredura nos registros da estação NBRF e não ficou claro se esse evento de fato existiu e, se tal, foi de magnitude menor que o do dia 18. Somente uma leitura dos dados da estação NBAN, em Anadia-AL vai permitir dirimir essa dúvida.
    A estação NBAN é a estação mais próxima da área epicentral (cerca de 50 km de distância) mas, no momento, não temos acesso a ela via internet. Esse problema será sanado no início da próxima semana quando o técnico Eduardo Menezes estará na região para implementar esse acesso. Tanto a estação NBAN quanto a estação NBRF fazem parte da Rede Sismográfica do Nordeste (RSISNE) operada pelo LabSis/UFRN.

Fonte: LabSis/UFRN; RSISNE; IAG/USP
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Guilherme Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário