Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3215-3796;
facebook: LabSis Ufrn

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Irauçuba-CE: um mês de atividade

    Desde o dia 09/09 a atividade sísmica vem ocorrendo em Irauçuba e ainda não cessou. Tremores continuam sendo sentidos pela população, já causando afastamento de telhas e trincas em casas próximas à área epicentral. Um novo tremor, de magnitude 3.3, ocorreu ontem às 16:58 UTC (13:58, hora local)
    Nesse meio tempo, o LabSis se deslocou até a região onde instalou uma rede sismográfica e proferiu uma palestra de esclarecimento, em conjunto com a Defesa Civil do Ceará. Nos próximos dias, o técnico Eduardo Alexandre estará retornando à região onde proferirá novas palestras de esclarecimento conjuntamente com Francisco Brandão, da Defesa Civil do Ceará, além de coletar dados das estações em operação na região.
     Na Figura 1, uma imagem das trincas numa moradia na região.

Figura 1. Trinca em residência na localidade de Saco do Juazeiro, município de Irauçuba.
    Na Figura 2, uma imagem da palestra na localidade de Coité.

Figura 2. Palestra proferida para a população de Irauçuba. Em primeiro plano, Eduardo Menezes, do LabSis. Ao fundo, Francisco Brandão, da Defesa Civil do Ceará.
     Na Figura 3, exemplo de estação instalada na região.

Figura 3. Estação sismográfica. Em primeiro plano, o registrador. Em segundo plano, o sensor.
    Os primeiros resultados confirmaram que temos uma nova área epicentral, a NNW de onde ocorreu o tremor de magnitude 4.9 em 1.991. Na Figura 3, é mostrado o mapa preliminar de alguns epicentros localizados com as estações da rede local.

Figura 3. Mapa de localização epicentral. Os círculos roxos indicam o local dos epicentros. Os triângulos vermelhos indicam o local das estações. Abaixo da localidade do Juá está o epicentro do sismo de 1.991.
Fonte: LabSis/UFRN; RSISNE; INCT-ET
Joaquim Ferreira,  Eduardo Menezes, Guilherme Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário