Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3215-3796;
facebook: LabSis Ufrn

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Seminário LabSis/UFRN no dia 31/05/2012

    No próximo dia 31/05/2012 teremos mais um seminário do LabSis, atividade coordenada pelo Prof. Jordi Julià. O seminário será proferido pela Profa. Colaboradora do Departamento de Geologia Maria Osvalneide Lucena Sousa e terá por título "Reativação do Lineamento Pernambuco".
    O seminário será apresentado no auditório do prédio Reuni (Departamento de Geofísica), às 16:30 h.
 
Resumo
     O Lineamento Pernambuco (LP) é uma zona de cisalhamento de centenas de quilômetros de comprimento e ~ 5 km de largura. O LP apresenta reativação em sua zona milonítica principal, de direção EW, e em suas ramificações de direção NE. A área do presente estudo está localizada ao longo do LP entre as cidades de Caruaru e Ibimirim, Pernambuco. A sismicidade nesta área é conhecida desde o início do século XX. As falhas que determinam esta sismicidade coincidem com falhas que reativam a foliação milonítica. Em áreas como a de Caruaru, por exemplo, dados sismológicos e estruturais mostram forte correlação entre o mecanismo focal da falha sismogênica e a orientação predominante do fabric pré-cambriano. O presente estudo deu ênfase à deformação frágil e à determinação do nível de falhamento.  As falhas profundas formam pares conjugados transcorrentes de orientação NW-SE dextrais e NE-SW sinistrais e, por vezes estão preenchidas por epídoto e/ou veios de quartzo. As falhas rasas são representadas por cataclasitos, brechas de falhas, gouge e por falhas preenchidas por óxido/hidróxido de Fe e pseudotaquilitos. As falhas rasas reativam as falhas dextrais NW-SE, bem como a foliação milonítica (Sm) na forma de estreitas faixas cataclásticas. A reativação do fabric pré-cambriano indica que as zonas de cisalhamento agem como zonas de fraqueza e foram reativadas em diferentes níveis crustais. 
 
Figura 1. Mapa geológico e de atividade sísmica na região de Caruaru e São Caetano-PE.
Fonte: LabSis/UFRN
Maria Osvalneide Sousa, Jordi Julià, Joaquim Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário