Contatos

twitter: @LabSisUFRN; telefone: 84 3215-3796;
facebook: LabSis Ufrn

segunda-feira, 19 de março de 2012

Busca do local de impacto de objeto espacial na região de Sobral-CE.

    Recebemos uma mensagem do Professor Emerson F. de Almeida, da UVA (Universidade Estadual do Vale do Acaraú), Sobral, Ceará,  acerca da busca do local de impacto de objeto espacial que caiu na região de Sobral no dia 17/02/2012, conforme foi divulgado em nosso blog. Segundo a mensagem, foi feita uma expedição com uma equipe do CASF, da EM Cesário Barreto e da UVA.
    A seguir, encontra-se o relato do Professor Emerson (adaptado):

    No domingo (11/03), eu, a equipe do CASF e da EM Cesario Barreto continuamos com as buscas do objeto que caiu no dia 17 de fevereiro. Dirigimo-nos mais ao norte para verificar se  houve avistamento e fazer mais entrevistas, passando a manhã do domingo nessa operação. Não encontramos testemunhas que ouviram som ou observaram qualquer objeto cadente.
    Após o almoço, voltamos para a região delimitada no dia anterior, fazendo entrevistas com um número maior de pessoas, já que nesse local foi reportado tanto um avistamento quanto um som bem forte. Acabamos encontrando uma testemunha que, pela descrição apresentada, observou a queda final do objeto. Fomos ao local e verificamos que houve dano de pequena monta em uma construção. Como foi relatado, o dano surgiu imediatamente no momento em que foi ouvido um som muito forte. A testemunha apontou a direção de sua visão e informou que viu uma pedra preta cercada pelo que ela descreveu como fagulhas, em queda. 
    Essa observação condiz com a testemunha ouvida no dia anterior, a qual observou a direção tomada pela bola de fogo, bem mais ao sul. Fomos a um pequeno sitio no local e verificamos visualmente a região, apontada pela segunda testemunha e constatamos que o avistamento dela corrobora com o da testemunha do dia anterior. O local é de dificil acesso e mobilidade e tem aproximadamente 1,5 km de raio. Cartier, do CASF, seguido por nós, verificou uma anomalia na vegetação mais distante. Como o local é de dificil acesso e estava proximo ao horario de final de trabalhos estabelecido, ficamos de voltar ao mesmo local no próximo final de semana para buscas a pé no terreno. 

    Assim que tivermos mais informações, estas serão repassadas.

Fonte: Mensagem do professor Emerson F. de Almeida para o LabSis/UFRN
Joaquim Ferreira, Rodrigo Pessoa

Nenhum comentário:

Postar um comentário